domingo, 19 de junho de 2011

19/06 - Um ano sem diversão no Rio de Janeiro

O dia tinha tudo para ser o melhor dia da história do Terra Encantada em 12 anos. De volta ao parque, as crianças da ONG Sonhar Acordado estavam tendo seu Dia do Sonho, brincando como nunca nos brinquedos da Terra das Crianças, como o Zum Zum, Teco Teco, Bambalão e claro, não queriam que aquele dia terminasse. Para falar a verdade, seria ótimo se ele tivesse parado assim que as crianças foram embora.

O parque abriu, como sempre, as 14 horas para mais um dia de diversão. Tudo parecia estar dando certo! O Cabhum e o Tornado funcionando a todo vapor, a Monte Makaya dando suas 8 inversões, a Corredeiras refrescando o público, enfim, era mais um dia encantado com o público bom, que estava gostando do parque.

As horas passaram, até que de noite, o fato mais triste da história do parque aconteceu. Por volta das 19 horas, Heydiara Lemos Ribeiro cai da Monte Aurora, uma Galaxy da Zamperla que era para estar dentro do Castelo das Águas. O parque entrou em estado de emergência, socorreu a vítima, porém ela faleceu de traumatismo craniano no Hospital Lourenço Jorge.

A partir daí, o Terra Encantada estava perdido e derrotado. Sua luta para sobreviver como um parque de diversões tinha chegado ao fim. Começando pela interdição da Monte Aurora, e depois do parque inteiro, fora as prisões do engenheiro e do diretor, o parque começou a demonstrar que caiu. Irônico usar o verbo "cair", não é?

O tempo passou ainda mais. Meses e meses foram vindo e nada acontecia. Todos os brinquedos estavam se apodrecendo mais do que o normal, e não tinham nenhuma perspectiva de receber um visitante de volta. Tudo ficava mais triste, tudo ficava mais desencantado. Várias especulações para o terreno do parque foram feitas e divulgadas. Era centro comercial, condomínio, até que a última notícia divulgou que tudo foi comprado pelo magnata Eike Batista. Você sabe se é verdade? Nem nós.

O futuro dos brinquedos é totalmente incerto. Vários boatos com relação ao destino da Monte Makaya surgiram ao longo de um ano. Era para Santa Catarina, Pernambuco, São Paulo, mas a boa notícia é que ela continua em pé, quase sem forças, aqui no Rio de Janeiro.

Até quando isso tudo irá durar? Até quando teremos que passar pela Avenida Ayrton Senna e ver um parque  que tinha como objetivo ser o melhor da América Latina totalmente despedaçado, cinza, abandonado sem nenhuma perspectiva de futuro? Nesse um ano que se passou, parece que estamos agonizando junto com o parque, a espera da volta da diversão do Rio de Janeiro.

Fica aqui nossos votos de que tudo tenha o melhor destino possível. Seja qual ele for, jamais o Terra Encantada sairá das nossas lembranças, afinal como podemos esquecer de um lugar que para nós da equipe, fez conhecer um mundo completamente novo, conhecendo novos amigos e para vocês leitores, que tiveram tantas diversões e dias inesquecíveis a bordo da Monte Makaya ou de um bote das Corredeiras?

Parque Temático Terra Encantada - 1 ano sem diversão.


4 comentários:

  1. Realmente o que aconteceu foi uma fatalidade,
    lamento muito pela vítima !
    Acho que o que acabou com o Terra Encantada foi
    o comodismo, pelo qual fez um parque maravilhoso como aquele se acabar.
    Comodismo que falo é em relação à manutenção dos brinquedos, e até mesmo relaxamento com o parque,estou falando dos cuidados que deveriam ter, como pinturas,inovação, entre outras coisas simples.
    Sempre adorei o Terra Encantada, nossa... contava as horas para chegar o tão esperado momento de diversão, porém cada vez que ia, o parque estava mais pra baixo, coisas básicas que poderiam ser feitas para mudar o visual, e não deixar uma má impressão, como pinturas, por exemplo: um banquinho que tinha com uma plaquinha escrito MEU AMOR ENCANTADO, essa tal frase já não existia mais,e uma simples tinta poderia resolver... mas é lamentável mesmo !
    Se pudessemos fazer algo para que esse lugar que um dia foi Tão Maravilhoso pudesse voltar a funcionar!

    ResponderExcluir
  2. Excelente texto.Triste realidade.
    Será que não vamos mais ter a alegria de ir ao parque de diversão no RJ ? De preferência o T.E?
    Saudades de tempos bons! =/

    Kátia M

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Lembro que na epoca aurea do Terra sempre tinha excursoes da escola e nunca me deixavam ir, dai qndo enfim pude, ninguem queria ir mais pq ja tinham ido muito rsrs.

    Nunca tinha visto essa Monte Aurora do acidente, a confesso q por muito tempo achava que era na Makaya que tinha ocorrido, por causa de tanta confusao da mídia...

    Fui pesquisar fotos e videos sobre a Aurora e Fico me perguntando COMO q alguem caiu dali! oO'
    Pois ela é exatamente igual a Galaxy do parque itinerante PlayCity, que tive o prazer de "brincar" nela na Expo Itaguaí nessa semana. Nem se a trava abrisse como disseram, nao dava! Ou ela desmaiou mesmo ou se jogou no desespero (rs)

    Enfim sei que esse nao foi o unico motivo do parque ter fechado, mas sinto uma tristesa enorme que um parque maravilhoso como esse tenha fechado, todos nós do Rio ficamos ofãos de parque de diversoes, a mercê de algum itinerante eventualmente... =/

    O TE tinha tudo pra ser uma "mini disney carioca" mas infelismente nao administraram bem coisa...

    *se soubesse que ia fechar teria ido nele o quanto antes

    ResponderExcluir