quarta-feira, 23 de junho de 2010

Responsáveis por Terra Encantada irão responder por homícidio culposo.

Do Jornal O Dia - Online:


Rio - O delegado da 16ª DP (Barra da Tijuca), Rafael Willis, disse na manhã desta quarta-feira que os responsáveis pela a conservação do Parque Terra Encantada, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, vão responder por homicídio culposo - que não há intenção de matar. No último sábado, a ajudante de cozinha Heydiaria Lemos Ribeiro, de 61 anos, morreu ao cair de uma distância de 10 metros de uma montanha-russa.

Na última segunda-feira, a Defesa Civil municipal interditou o parque. O órgão municipal tomou esta decisão, após uma vistoria em conjunto com a Gerência de Engenharia Mecânica da Rio Luz em todo o espaço da Terra Encantada. A Polícia Civil já havia interditado o brinquedo do parque por tempo indeterminado.

O resultado da perícia deverá ficar pronto em 15 dias. Os donos do "Terra Encantada" informaram ao delegado titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), Rafael Willis, que vistorias nos brinquedos são feitas de seis em seis meses.


----------------

Novamente, é percebido um conflito de informações:


Na reportagem do Jornal O Dia é dito:
"Logo após o início do trajeto, numa primeira curva, o mecanismo soltou-se e Heydiaria foi jogada longe."

Porém, em reportagem do Fantástico é dito:
"A filha, que estava sentada ao lado da mãe no brinquedo, não consegue lembrar se a trava de segurança abriu sozinha. “Quanto a isso, eu não posso falar, eu vou aguardar o laudo pericial”, afirma Iguaciara."


Um comentário:

  1. "vão responder por homicídio culposo" falaram que só iriam responder caso fosse comprovada culpa do parque, foi comprovado?

    ResponderExcluir